segunda-feira, 20 de julho de 2009

Agência E.C de Notícias de Segunda

(Notícias de segunda mão, toda segunda-feira.)

Spoiller letal - Essa entra pra lista das sensacionalistas. Um fã de Harry Potter cometeu suicídio no último dia 13 de julho. O motivo para a decisão fatal foi que ele, Jude Ralston, descobriu algo que acontece no filme da franquia que atualmente está em cartaz. A família diz que não achou estranho quando ele comprou uma placa de Hogwarts (a escola de bruxos da história), mas admite que deveria ter prestado mais atenção depois que ele passou a andar com uma réplica do chapéu do personagem principal.
Ele evitava frequentar lugares onde sabia que poderia receber "informações privilegiadas" e tomava todo o cuidado do mundo para não ler nada na internet.
Duas perguntas não calam:
1 - Como será que ele ficou sabendo?
2 - Esse cara não leu os livros? Não sabe como a história se desenrola? Que eu saiba, fã ardoroso que se preza leu a série, oras!
Um detalhe. Ralston tinha TRINTA E DOIS anos. Acreditem se quiser

Meio século - No último dia 17 completaram-se 50 anos da morte de Billie Holiday, a grande dama do jazz. Holiday morreu em decorrência de uma cirrose causada pelos excessos que sempre permearam a vida da cantora. Na ocasião de sua morte, pra piorar, ela estava sob custódia da polícia, por porte de entorpecentes.
No dia em que se lembravam de sua morte, fãs se reuniram ao redor de sua estátua, na cidade de Baltimore, onde ela foi criada, Ao som de clássicos do jazz que ganharam versões de Billie Holiday.
No Brasil a grande homenagem será dentro do festival Tudo é Jazz, de Ouro Preto, de 18 a 20 de setembro deste ano.

Vídeo da semana 1 : Eles inventaram a música pop, o vídeoclipe, cortes de cabelos novos e quase tudo o que tem a ver com moda, comportamento e música na segunda metade do século XX. O primeiro vídeo dessa semana tem a ver com o show que Paul Mccartney fez na última sexta-feira no Citi Field, em Nova York.
Acontece que esse estádio é o que foi construído no lugar do Shea Stadiun, onde os Beatles se apresentaram em 15 de agosto de 1965 para cerca de 55 mil pessoas (a banda voltou a tocar lá em agosto de 1966). Esse foi o primeiro show de rock realizado em um estádio aberto, o que o transformou em precursor desse tipo de apresentação.
Ironicamente o fato da banda não se ouvir em cima do palco, por conta dos gritos histéiricos, foi um dos que fizeram com que eles repensassem a ideia de tocar em público.
Fiquem com um trechinho de um show que teve o seguinte set-list: "Twist and shout", "She´s a woman", "I feel fine", "Dizzy Miss Lizzy", "Ticket to ride", "Everybody´s trying to be my baby," "I wanna be your man", "A hard day´s night", "Help" e "I´m down":



Vídeo da semana 2: Acabei de ver o novo trailler de Sherlock Holmes e pirei. Por esse vídeo, de pouco mais de dois minutos, dá pra perceber que o filme não vai ser aquela chatice reflexiva que muita gente costuma associar ao detetive mais famoso da literatura mundial (de Sir Arthur Conan Doyle). A história se passa no início da carreira de Holmes e parece sobrar em ação. A direção é de (quem sabe uma volta aos bons tempos) Guy Ritchie.
Robert Downey Jr. parece a escolha certa pra qualquer papel desse natureza. As imagens abaixo mostram até mesmo certo humor empregado por ele às cenas. Ainda tem Jude Law como o escudeiro Watson e (ai ai) Rachel Mcadams.
O filme estreia em dezembro nos EUA e em janeiro por aqui



(Próxima segunda-feira, mais notícias de segunda mão.)

2 comentários:

  1. Dom Mimi de las Maresias Buenas21 de julho de 2009 21:15

    Como sempre é um prazer ler estas noticias

    ResponderExcluir
  2. Pirei no trailer do Sherlock Holmes! Se em texto é bom, em vídeo deve ser melhor ainda! E é Guy Ritchie, né...
    Quanto ao vídeo 1, comentário mais do que óbvio: é incrível como Beatles é para todas as idades! Minha mãe chegou do meu lado e ficou curtindo junto, relembrando os temos de "mocinha", hehe
    Beijos meus

    ResponderExcluir